Logo2 - Caminhos do Turismo Oficial - agrupado Transparente .png

SIENA: HISTÓRIAS DA TOSCANA

Eduardo Henrique Ferin da Cunha

Mtb nº 0081757/SP

 

Matéria publicada em 27/12/2017

 

Um dos nossos maiores desejos dessa viagem era conhecer a região da Toscana, tanto pela sua beleza, como de rememorações do passado, de outras encarnações. Seguimos pelas paisagens da Toscana com destino à Siena, e no caminho avistamos a estrada para Volterra, comuna italiana muito famosa pela gravação da série O Crepúsculo, mas infelizmente não estava em nossa programação. Após mais 1 hora de trajeto, chegamos à Siena, uma encantadora cidade medieval com muita história para contar, tanto do passado, como no presente, como a gravação de uma cena do filme Cartas para Julieta, que nos motivou a visita-la.

27867909_1711339925594218_4427478947341457352_n.jpg

Vista da Comuna de Siena

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

A primeira impressão de Siena foi a de reconhecer o seu patrimônio histórico e cultural da humanidade. Em cada monumento, prédio e ruas observam-se o estilo renascentista dessa bela comuna italiana. Nossa primeira parada foi na Piazza del Campo, a principal praça de Siena, em forma de meia-lua, e é onde se encontra o Palazzo Comunale e a Torre dei Mangia. Essa praça foi palco da cena do filme Uma Carta para Julieta, e por esse motivo, Aline queria muito conhecê-la. É muito legal quando assistimos a um filme e podemos visitar o local onde este se passou; traz uma emoção diferente.

 

Visitamos ainda a belíssima e imponente Duomo de Siena tirando inúmeras fotos de sua fachada multicolorida esculpida em mármore Carrara e as torres estilo gótico.

25994929_1658639390864272_7320674277729503079_n.jpg

Duomo de Siena

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

Descemos até o Batistério que fica na Piazza San Giovanni e por conta do horário, decidimos parar para almoçar em um restaurante na Piazza del Campo, e experimentamos uma deliciosa pizza margherita com brócolis (aliás, uma das melhores que comemos na Itália) acompanhado de um vinho branco e Coca Cola. Durante o almoço, pesquisamos onde foi gravada a cena em que Charlie toma um sorvete com Sophie, e descobrimos que foi na Piazza San Giovanni, e para lá seguimos para registrar uma foto do local.

26196442_1658639574197587_1166668367788411460_n.jpg

Piazza San Giovanni

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

Tínhamos pouco tempo, pois combinamos de encontrar a guia para seguir o roteiro. Antes, porém, paramos em uma sorveteria na Piazza del Campo e compramos dois sorvetes: um de framboesa para mim e o outro não lembro o sabor.

26168369_1658639640864247_3487042928581961027_n.jpg

Sorvete na Piazza del Campo

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

 

 

Após o almoço, retornamos à Piazza del Campo e encontramos a guia local para um passeio de 1h30. Começando o roteiro, a guia Margarita, contou a história de Siena, o que aliás é muito interessante e da Piazza del Campo. Nesta praça realiza-se a famosa e emotiva corrida de cavalos chamada Palio di Siena, uma espécie de campeonato brasileiro, feito duas vezes por ano, em 2 de julho e 16 de agosto, com 10 cavalos e cavaleiros, e cada par representa um dos 17 bairros da cidade, designados contrade. Caminhamos pelo centro de Siena, observando a história e as marcações dos bairros rivais e visitamos ainda o Museu da Contrada, que fica no bairro da Águia.

26000955_1658639387530939_7915078876200017770_n.jpg

Palio di Siena: foto de um quadro alusivo ao evento

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

 

Após ouvirmos essa belíssima história, seguimos para um pequeno roteiro religioso, passando pela casa onde viveu Santa Caterina e seguimos para a Basílica Cateriniana di San Domenico, onde se cultua essa venerável santa da comuna de Siena. Terminamos o roteiro e seguimos para o próximo destino: Greve In Chianti.

28055907_1711869042207973_2923125543597820292_n.jpg

Basilica di San Domenico

Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

 

 

Toda a visita à Siena fora muito especial e nos fez sentir boas vibrações, sobretudo para Aline. Desde que chegou na Toscana, ela não simpatizou com Florença, mas com Siena foi diferente. Historicamente as duas cidades se mantinham em guerra, sendo a última vitoriosa a cidade de Florença, derrotando Siena, após a Peste Negra de 1348, onde esta última fora devastada.

 

Eu, particularmente adorei Florença e toda a região da Toscana. Pretendo voltar mais uma vez e se possível ficar no mínimo uma semana, visitando vinícolas e as demais cidades da região, entretanto terei que convencer a Aline a permanecer em Florença, já que ela não simpatizou muito. Talvez, ficar hospedado em Siena pode ser uma boa opção!